O Blog está "no ar" desde 04/07/2012. Muito obrigada pela sua visita!
Ressalto que todos os trabalhos apresentados são feitos em Fio de Malha, os Trapilhos (T-shirt Yarn/Zpagetti/Trapillo/Totora/Fettuccia)


A sua opinião sobre o meu trabalho é muito importante para mim! Pode comentar, clicando no item "comentário" existente ao final das postagens. Se gostar do trabalho, não se esqueça que pode recomendá-lo no Google, clicando no final da postagem em g +1. Obrigada/Helena

Translate

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Potes e potinhos com tampa

Como os cestos e os cestinhos, os potes e os potinhos também são super gostosos de se fazer e muito bons para aproveitamento de restos de fios. Nada de "endurecedores" para se sustentarem sozinhos. Não é necessário!
Ainda têm mil e uma utilidades!
É só libertar a imaginação e não ter medo de juntar as cores! 
Quando começo um, nunca sei como ele vai ficar quando terminar: nem na forma, nem na junção das cores e estampados, nem nos detalhes que eu resolvo incrementar. É muito bom navegar ao sabor da imaginação...



Esta vermelha já é uma boa cumbuca. De um tamanho bem avantajado, é ótima para se guardar colares grandes, por exemplo.


Este brasileirinho verde e amarelo dá para guadar cotonetes, por exemplo.



Este azul com pequenos corações brancos achei que ficou bem delicado.  
Gostei muito dele!



Este já é bem maior e de cores fortes. Também achei que ficou simpático! Um bom pote para guardar aquelas bolas de algodão, por exemplo.

Enfim, como eu disse acima, mil e uma utilidades, além de decorativos, é claro!

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Pois é... Faço mais para aproveitar os restos de fios e porque são muito rápidos e gostosos de se fazer.Têm sido úteis também...
      Bjs

      Excluir
  2. Olá, sou Anabela, gostaria de saber se por acaso pode ensinar-me a fazer os potes, nomeadamente o azul e o vermelho?! de qualquer forma agradeço. Cumprimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segue o meu email belinhav91@hotmail.com, (visto ter me esquecido anteriormente) mais uma vez agradeço e desde já também lhe dou os meus parabéns os seus trabalhos são magníficos, tenho os seguido cá em Portugal.
      Fico a aguardar resposta.
      Cumprimentos,
      Anabela

      Excluir
    2. Olá e muito obrigada, Anabela! Fiz esses potes há cerca de 2 anos atrás e fiz ao sabor da imaginação... Foi no início do blog e ainda não me preocupava em anotar a receita... Mas é muito fácil de fazer: começa com uma base redonda em pontos baixos, do tamanho que quiser e fazendo os aumentos necessários. Eu começo sempre com um "anel mágico", para o orifício central ficar pequeno. Para subir as laterais dos potes, fazer a primeira carreira pegando somente na alça de trás dos pontos da última carreira da base e seguir subindo com o mesmo número de pontos desta carreira, até a altura desejada. A tampa é um círculo e, se quiser fazer a borda para encaixar, procede da mesma maneira da subida da lateral, só que agora seria uma "descida".

      Um abraço
      Helena

      Excluir
    3. Muito obrigada, Helena, vou experimentar mas no que disse a respeito das tampas.."A tampa é um círculo e, se quiser fazer a borda para encaixar, procede da mesma maneira da subida da lateral, só que agora seria uma "descida", é sempre do mesmo tamanho que a base ou tem que ser maior para entrar?? No entanto o que diz é em relação ao lilas, vermelho e ao verde, mas e então para o azul que é aquele que gostaria de reproduzir, como faço a tampa?!
      E aqueles potes que parece um pote de mel, ou seja, são estreitos depois engordam e depois ficam mais estreitos outra vez, como se fazem??
      Desculpe tantas perguntas, mas sou muito principiante e cá em Portugal é difícil.
      Aproveito para lhe dizer que fiz aquele seu cesto (em tons de vermelho, penso eu) com tampa de rede para por os novelos e trabalhar mos á vontade, adorei.
      Beijinhos,
      Anabela

      Excluir
    4. Anabela, se a tampa tiver a borda lateral para encaixar, o círculo tem que ser um pouco maior (não muito), para poder tirar e colocar a tampa sem dificuldade e a borda lateral terá o mesmo número de pontos da última carreira do círculo, tá?

      Para o azul, a tampa só a assenta em cima do pote, pois ele tem aquelas "argolas" laterais. Então, o círculo da tampa é só um tantinho maior do que a abertura do pote, para não cair lá dentro :-)

      Quanto aos potes que estreitam e engordam é só fazer aumento de pontos nas carreiras em que quer que ele engorde (vai aumentando aos poucos, de uma carreira para a outra) e, quando quer que eles estreitem, fará o contrário, terá que diminuir o número de pontos. Aumentos = 2 pontos no mesmo ponto da carreira anterior; diminuições = 2 pontos fechados juntos; "aumentar aos poucos" = por exemplo, 1 aumento de 5 em 5 pontos, na carreira seguinte, de 4 em 4, depois, de 3 em 3... e o mesmo com as diminuições.

      Espero que estas explicações possam ajudar um pouco, pois é bem complicado explicar assim, sem poder mostrar como se faz...

      Pode fazer as perguntas que quiser, tá bem?

      Então gostou do cesto de rede? Fico bem contente :-) :-) :-)

      Beijinhos

      Excluir
  3. Td lindo e mt bem feito

    ResponderExcluir

Receber o seu comentário me deixa muito feliz! Muito obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...